quinta-feira, 14 de abril de 2011

Eu gosto de pensar em você,

eu gosto de como o meu coração acelera ao me aproximar, eu gosto da sensação que o seu sorriso traz, gosto quando você segura minha mão e percebe que estou tremendo, depois sorri. Eu gosto de conversar olhando nos seus olhos, sabendo que você está fazendo o mesmo. E não adianta tentar  esconder, eu gosto mesmo de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário