quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Às vezes fico com saudades de momentos,

que eu ainda não vivi, às vezes peco na vontade de sentimentos, que eu ainda não senti.Te vejo nas paredes dos hotéis, eu vivo interpretando papéis às vezes não sei mais quem sou, me deu vontade de voltar. Pois eu sei, que você quer viver comigo, outra vez, que você quer viver ao lado meu, até a luz do sol se apagar. Eu exagero nas palavras, mas nos meus versos eu só encontro você. É só mais um dia de chuva, e eu vou pra Redenção, pois amanhã já vou estar em outro lugar muito longe daqui, muito longe de ti. Enquanto houver ar pra respirar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário